SANTO VIVO - ESTUDOS BÍBLICOS
Prosperidade Segundo a Bíblia

PROSPERIDADE - SEGUNDO A BÍBLIA

Pastor Araripe Gurgel


Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição. (I Tm. 6:9).

Tornou-se uma espécie de norma, ultimamente, no meio “evangélico”, alardear um ensino exagerado sobre a prosperidade cristã.

Segundo este ensinamento, todo crente tem que ser rico, não morar em casa alugada, ganhar bem, além de ter saúde plena, sem nunca adoecer. Caso não seja assim, é porque está em pecado ou não tem fé.

Prosperar em nossos dias é sinônimo de possuir mais dinheiro. As instituições têm trabalhado incansavelmente para convencer as pessoas que elas podem ter de Deus tudo o que quiserem.

Basta observarem uma série de normas e procedimentos, que com certeza, chegarão ao sucesso material. É por causa dessa busca desenfreada pelo sucesso financeiro, que os valores da família têm ficado cada vez mais em segundo plano.

Será que Deus está de acordo que busquemos a prosperidade a qualquer preço, que procedamos de maneira muitas vezes isenta de ética para que tenhamos sucesso na vida financeira? Será que se esses procedimentos comprometerem nossa integridade moral e de nossa família, terão a aprovação de Deus?

Se analisarmos a vida de alguns homens de Deus, os chamados “heróis da fé”, encontraremos pessoas desligadas do sucesso terreno e ligadas no sucesso do projeto de Deus.

É impressionante como encontramos indivíduos que acham que podem ficar ricos sem trabalhar, sem serem organizados e comprometidos. Jesus quando deixou a parábola dos talentos já nos avisava da necessidade de sermos diligentes e bons administradores.

Deus nos falou que viveríamos como seres humanos, comendo do suor de nosso próprio rosto. Por isso, não dá para crer no fato de Deus liberar sucesso financeiro para seus filhos por causa de uma série de atitudes e procedimentos apregoados pelos “teólogos” da prosperidade. “Faça isso, faça aquilo, dizem eles, e Deus será obrigado a te abençoar.”

Prosperidade é a capacidade de nos mantermos firmes no propósito diante das adversidades, lutas e perseguições. O exemplo máximo de prosperidade é Jesus Cristo o Filho de Deus.

Mudar de idéia, de rumo, quando estamos errados não é vergonhoso, é uma oportunidade de dizermos para todos o quanto estamos dispostos a melhorar.

Deus tem muita prosperidade para nossas vidas, mas nem sempre ela vem em dinheiro ou sucesso. O verdadeiro cristão tem o direito de ser próspero espiritual e materialmente, segundo a bênção de Deus sobre sua vida, sua família e seu trabalho.

Isso não significa que todos tenhamos de ser ricos materialmente, vivendo no luxo e na ostentação. Ser pobre não é pecado nem ser rico é sinônimo de santidade.

A Palavra de Deus diz que quando fazemos a sua vontade, ele supre todas as nossas necessidades, necessidades e não caprichos.

A Bíblia não promete que todos ficarão ricos, mas nos mostra um Deus amoroso que quer cuidar de seus filhos.Certamente um Pai feliz com seu filho poderá dar-lhe presentes especiais.

Não devemos embarcar nos exageros da "Teologia da Prosperidade", Deus é fiel em suas promessas. A saúde é bênção dos céus. Entretanto, servos de Deus, humildes e fiéis, adoecem e muitos morrem, não por terem pecado ou por falta de fé, mas por desígnio de Deus.

Que o Senhor te ilumine para entender melhor essas verdades espirituais. 


FALE CONOSCO/PERGUNTA BÍBLICA