SANTO VIVO - ESTUDOS BÍBLICOS
Enchei-vos do Espírito

ENCHEI-VOS DO ESPÍRITO

Pastor Araripe Gurgel


(Enchei-vos do Espírito. Efésios 5.18)

Temos observado ultimamente no seio da Igreja de Cristo, uma sequidão nos relacionamentos pessoais e principalmente no relacionamento com Deus. As pessoas que antes conheciam o Espírito Santo de perto, hoje mantém um relacionamento distante e impessoal com Ele.


Vivemos em dias de muita confusão a cerca do Espírito Santo. O povo evangélico tem sofrido as consequências da falta de equilíbrio sobre esse assunto, o que é uma das maiores estratégias de Satanás. Ele tem mantido a Igreja em extremos, longe do equilíbrio. Vemos igrejas que dão muita ênfase a ação do Espírito Santo, muitas vezes buscando mais a emoção do que a Palavra de Deus, enquanto outras não sabem ao certo qual deve ser o agir do Espírito Santo na vida do crente.


Em todos os lugares, as pessoas sentem que falta alguma coisa na vida da Igreja. Temos uma religião formal, mas não temos o poder do Espírito Santo. Aonde se perdeu o verdadeiro legado espiritual da Igreja Primitiva que deveria chegar até nós? Toda a ação da Igreja Primitiva era através dos dons espirituais. A igreja hoje age na maioria das vezes através da ação de “bons profissionais”.


No livro de Atos dos Apóstolos temos a continuação do relato de Lucas de como os seguidores de Jesus, no mesmo poder do Espírito Santo, proclamaram o mesmo evangelho, operaram o mesmo tipo de milagre e tiveram o mesmo tipo de vida cristã. Em Atos 1.8 lemos: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra”. Ficou claro o propósito do Batismo do Espírito Santo: Sem o Espírito Santo não há poder milagroso; Sem poder não há testemunho eficaz; Sem testemunho eficaz não há avanço até os confins da terra.


Quase sempre quem diz hoje onde a Igreja deve ir, e determina o que ela deve fazer são programas produzidos em gabinetes, num local da administração fria, respaldados quase sempre por uma estratégia bem planejada de marketing. Na Igreja Primitiva era o Espírito Santo que controlava de maneira soberana. É somente Ele quem concede poder para o testemunho no mundo. Estamos aquém do que Jesus pretendeu para todos nós.


Ser “cheio do Espírito Santo” é uma linguagem figurada que significa ser controlado pelo Espírito Santo, ser controlado por Jesus Cristo. Paulo experimentou isso, pois em Gálatas 2,20 lemos: “Já estou crucificado com Cristo e não vivo mais eu...”. Significa nos tornarmos progressivamente semelhantes a Ele e gozar do poder de Deus em nosso testemunho diário.


Significa ter no coração a mesma urgência que há no coração de Deus e o principal desejo do coração de Deus é salvar vidas. Há pregadores ensinando que a obra do Espírito Santo visa dar ao crente vitória, dons, fruto, etc., mas poucos ensinam que o Espírito Santo veio para capacitar o crente a executar a obra de Deus, sendo o responsável direto pelo poder no serviço do Reino. Como ser cheio do Espírito?


Atitudes basicas que precisamos tomar para sermos cheios do Espírito Santo:


Precisamos ter sede de Deus. Em João 7.37-39 lemos:
E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado”. Quando fisicamente sentimos sede, experimentamos uma desagradável sensação de secura, um grande desejo de água. Assim deve ser a nossa sede espiritual. Nossa alma deve desejar ardentemente as águas do Espírito de Deus. O problema é que nossos desejos quase sempre não são espirituais, e sim carnais e materiais.


Deus não nos encherá a menos que tenhamos fome e sede, conforme lemos em Mateus 5.6 “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos”; nos sintamos insatisfeitos com a relativa esterilidade de nossas vidas. Em Colossenses 3.1-3 somos alertados a: “... buscar as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensar nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus”.


Precisamos limpar o recipiente: Limpe o recipiente – a sua vida. O desejo de Deus é encher os seus servos com a plenitude do Espírito. O problema é que Deus não enche vaso impuro. Em Isaías 59.1-2 diz: “EIS que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça”.


Todo pecado não confessado e abandonado bloqueia o canal entre Deus e nós. A vida do crente foi comprada pelo sangue de Jesus e agora é morada do Espírito Santo. Portanto, comete-se adultério espiritual toda vez que o diabo participa da vida do salvo, entristecendo assim o Espírito Santo. Entristecer o Espírito Santo é fazer aquilo que Ele nos instrui a não fazer; extinguir o Espírito é deixar de fazer o que Ele nos manda fazer.


Todos os pecado que os filhos de Deus cometem estão dentro desses dois campos “Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito”.


Enchei-vos do Espírito. Transborde no Espírito. Deixe-se dominar por Ele. Permita que Ele vá se infiltrando de tal maneira na forma de você pensar, ser, viver, que se misture, se funda no seu interior. E você vai descobrir que isso só se desenvolve em você na presença de Deus, mas só se manifesta na presença dos homens.


Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito Santo diz às igrejas. Acatem a ordem: “Enchei-vos do Espírito”. A Igreja do Senhor precisa voltar ao princípio, isto é, andar em dependência e íntima comunhão com o Espírito Santo e a explosão de alegria e crescimento retornará, como aconteceu na Igreja Primitiva.



www.santovivo.net


FALE CONOSCO/PERGUNTA BÍBLICA